LAURAARRUDA.COM

Onde Sua História É Notícia…

Destaques TopNews na Mais Brazil UK desta quinta (16)

Agora você também poderá acompanhar a edição de hoje (16) no Soundcloud: Link aqui: https://soundcloud.com/radiomaisbraziluk

Startups brasileiras conquistam espaço no mercado internacional

Mais de 100 startups brasileiras já tiveram contato com o cenário internacional após receberem preparação da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O StartOut Brasil é um programa forte nessa inserção. A iniciativa seleciona startups inovadoras com potencial de internacionalização e oferece mentoria e contato com parceiros, investidores e potenciais clientes. Uma dessas startups que teve o apoio para se internacionalizar foi a Biosolvit que trabalha com um absorvedor natural de petróleo que é mais eficiente que os produtos sintéticos usados em vazamentos em plataformas marítimas. A Biosolvit participou de rodadas da StartOut Brasil. Cada ciclo do StartOut Brasil é focado em um país. O primeiro ciclo foi em Buenos Aires, em 2017. Em seguida, as startups brasileiras passaram por países como Paris, Berlim, Miami, Boston, Lisboa, Santiago e Toronto. Já participaram negócios de áreas como biotecnologia, telemedicina, engenharia integrada, tecnologias químicas e tecnologia e sustentabilidade.

Programa de proteção termina para os mais vulneráveis

Pessoas anteriormente consideradas clinicamente extremamente vulneráveis não serão aconselhadas a se protegerem novamente, já que o governo concorda em encerrar a exigência de orientação centralizada para esses grupos seguindo o conselho clínico de especialistas. O encerramento do programa de blindagem segue uma pausa na orientação de blindagem em vigor desde 1º de abril de 2021.

Esta decisão é baseada na existência de muito mais informações disponíveis sobre o vírus e no que torna os indivíduos mais ou menos vulneráveis, o sucesso do programa de vacinação COVID-19 e o surgimento de tratamentos comprovados, como dexametasona e tocilizumabe, para apoiar melhores resultados em vias de cuidados clínicos. A blindagem foi introduzida no início da pandemia COVID-19 como uma das poucas intervenções disponíveis para apoiar aqueles que eram considerados em maior risco de doenças graves causadas pelo vírus.

Embora esta tenha sido a decisão certa no momento de proteger os mais vulneráveis durante as ondas iniciais do vírus, quando pouco se sabia sobre o vírus e as características de risco, o conselho de proteção era extremamente restritivo e para alguns, teve um impacto significativo na vida das pessoas e em seus bem-estar mental e físico. Desde 19 de julho, a orientação para pessoas clinicamente extremamente vulneráveis tem sido seguir o mesmo conselho que o resto da população, com a sugestão de cuidados adicionais que as pessoas podem desejar tomar. A pesquisa e a avaliação de alguns grupos clínicos individuais continuarão.

Hoje é dia de…

Laura Arruda Online