LAURAARRUDA.COM

Onde Sua História É Notícia…

Pantanal no Brasil está em chamas

As queimadas nas áreas úmidas do centro-oeste do Brasil estão ameaçando um dos ecossistemas de maior biodiversidade do planeta.

Um incêndio está queimando desde meados de julho nas remotas áreas úmidas do centro-oeste do Brasil, deixando em seu rastro uma vasta desolação carbonizada maior do que a cidade de Nova York.

Uma equipe de veterinários, biólogos e guias locais chegou no final de agosto para percorrer a esburacada estrada de terra conhecida como Rodovia Trans-Pantanal em picapes, tentando salvar alguns animais feridos como podem.

Uma vista aérea mostra a fumaça subindo no ar ao redor do rio Cuiabá, no Pantanal, a maior área úmida do mundo, em Pocone, estado de Mato Grosso, Brasil, Agosto 28, 2020. REUTERS/Amanda Perobelli SEARCH “PANTANAL PEROBELLI” FOR THIS STORY. SEARCH “WIDER IMAGE” FOR ALL STORIES

Os jaguares vagavam pelo deserto enegrecido, disseram eles, morrendo de fome ou com sede, com as patas queimadas até os ossos, os pulmões enegrecidos pela fumaça. Eles viram corpos de jacarés, mandíbulas congeladas em gritos silenciosos, o último ato de criaturas desesperadas para se refrescar antes de serem consumidas pelas chamas.

Este enorme incêndio é um dos milhares de incêndios que varreram o Pantanal brasileiro – a maior área úmida do mundo – neste ano, no que os cientistas do clima temem que possa se tornar um novo normal, ecoando o aumento dos incêndios causados pelo clima da Califórnia à Austrália.

O Pantanal é menor e menos conhecido que sua famosa prima, a selva amazônica. Mas as águas normalmente abundantes e a localização estratégica da região – imprensada entre a floresta tropical, os vastos campos do Brasil e as florestas secas do Paraguai – a tornam um ímã para os animais.

Os incêndios agora estão ameaçando um dos ecossistemas de maior biodiversidade do planeta, disseram os biólogos. O Pantanal abriga cerca de 1.200 espécies de animais vertebrados, incluindo 36 ameaçados de extinção. Em toda esta paisagem geralmente exuberante de 150.000 km² (57.915 milhas quadradas) no Brasil, pássaros raros voam e a mais densa população de onças do mundo vagueia.

O fogo não é novo aqui. Por décadas, os fazendeiros usaram as chamas para devolver nutrientes ao solo de forma barata e renovar o pasto para o gado de corte. Mas essas chamas, alimentadas pela seca, agora queimam com força histórica, correndo pela vegetação ressequida. Os maiores incêndios no Pantanal neste ano são o quadruplicar do maior incêndio na floresta amazônica do Brasil, mostram os satélites da NASA.

Laura Arruda Online