LAURAARRUDA.COM

Onde Sua História É Notícia…

Arroz Carreteiro Tradição

O Arroz Carreteiro tem um sabor inigualável e vem lá dos Pampas…

Este prato faz parte da culinária típica gaúcha. Os Carreteiros e   Tropeiros viviam na “lida” dura do campo conduzindo o gado ou cavalos  de uma Estância a outra para serem comercializados.

O Carreteiro era responsável pelo mantimentos , levados em uma espécie de carreta puxada por bois e também preparava a comida. Sem contar com refrigeração, levavam alimentos que pouco se deterioravam, como charque (carne salgada e curada), arroz e fiambres.

O Arroz de Carreteiro era, então, preparado de forma muito simples e prática, em panela de ferro, utilizando arroz, alho, cebola e charque picado.

Atualmente os gaúchos preparam  o arroz  não só com charque, mas também  com carne moída (guisado) e sobras de churrasco e chamam de carreteiro em alusão ao nome original “arroz-de-carreteiro”    
O prato foi incorporado à cozinha brasileira e hoje é comum saboreá-lo em todo o país. Nas regiões Centro-Oeste e Nordeste do Brasil é também conhecido como Maria-Isabel, e preparado com carne de sol.  


Ingredientes:

  • 2 xícaras de arroz
  • 1 xícara de carne seca desfiada e dessalgada
  • 2 xícara de linguiça calabresa em cubos
  • 1/2 xícara de bacon em cubos
  • 1/2 cebola picada finamente
  • 4 dentes de alho picados finamente
  • 1/2 xícara de salsinha picada
  • 4 xícaras de água fervida
  • 1 folha de louro
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o bacon e a linguiça, em fogo baixo. Na própria gordura deles, adicione a cebola e o alho e quando amaciarem, acrescente o arroz e tempere com um pouco de sal e pimenta. Coloque a folha de louro, acrescente a água já fervendo, mexa um pouco e deixe que cozinhe por cerca de 20 minutos.

Depois que o arroz absorver a água, mexa um pouco, tampe a panela e desligue o fogo, para que cozinhe no vapor por mais 5 minutos. Adicione a salsa, corrija o tempero e sirva imediatamente.


Laura Arruda Online